domingo, 10 de junho de 2007

Lugar nenhum de minha terra amada. Perdi você na entrelinha de um pensamento distante. Visivelmente longe de mim, o ego. Percebestes que o mundo ainda gira ao nosso redor? Da dor, sobrou o aconchego na fotografia, repleta de vãos vazios na prateleira dos meus vícios. Perdi. E achei você, indeterminadamente covarde e corajosa. Na música que padeceu num espaço oculto do olhar, o lá veio de lá, próximo de todas as minhas projeções de alegria. Lá, som monossilábico e lugar monocromático. Procuro uma resposta inatingível. Lá, lá, la, la, la... não quero mais saber de ti.
Participe da comunidade ONABRU
Conheça o projeto ONABRU

36 comentários:

Paula Negrão disse...

Dá até pra virar música!
=]

beeeijos

zana disse...

20 ler!!!bju

dindy disse...

Nossa!!! Sabe o que mas me impressiona. è que sempre que comento no seu blog eu começo com "Nossa".
Não consigo descrever uma coisa que é indescritivel.
Assim que você é na minha vida e é assim que você é escrevendo...
Te amo!!!
Beijinhos...

Cida disse...

Gostei do seu comentário...como adivinhou onde me enquadro? Espertinho vc, viu!!
Lá e Cá, o que vai dar hein... se vc não quer mais saber!
Tenha uma ótima semana.
Beijokas
P.S. deixei recado no post anterior, sumiu?

Carlinha disse...

Depois de séculos e um dia de hibernação forçada devido à gripe, eis me aqui, te lendo e deliciando-me novamente com teus escritos.
Parabéns pelo post "Da hora do almoço".
Beijos!

Moura ao Luar disse...

Beijo gande, "lá", gostoso e doce

Fê Probst disse...

Não quer mais saber, muda de música e toca adiante...

Jana disse...

É eu queria conseguir isso...

Beijos

Marleudo Costa disse...

quando eu crescer, quero escrever que nem vc!
^^''''''''''
meus parabéns pelo texto, muito lindo!
abraço

Ácido Poético disse...

Muito bom...
Vou lá no Onabru...

Abraço
Brunø

Mariliza Silva disse...

UAUUUU!!! Não sei porque mas me senti como se estivesse lendo Gabriel Garcia Marques - Cem anos de solidão!
TExto sem fólego, cheio de sensações!

Adorei!

Beijão

Mariliza

Kah disse...

Lá pode ser aqui, ou também pode ser aí, onde tua (ou a minha)imaginação quiser.Lindas palavras,diria até apaixonantes.Um beijo doce, e linda semana!!!!

Vinícius Lírio disse...

.

decisão tomada, agora é seguir em frente...

abraço

.

Lara disse...

Quanta saudade hein???Muito lindo o texto...quase ritimado!
Bjus

dän disse...

sumi e voltei :) desculpe a demora paulo! beijao.

zana disse...

feliz dia dos namorados pra vc tbm, beije bastante sua namorada hoje hein!!!

Bárbara P. disse...

Meu sonho é ter o ego distante.

Diva disse...

Queria eu hoje escrever esse post, melhor...conseguir tal proeza. Ai ai...quem sabe um dia?
Bjs meus

P.S. Morri de inveja!!!

Daniduk disse...

Olá Paulo, obrigada pela sua visita e comentário em meu blog.
Esta foi uma decisão muito difícil, acredite. Após 14 anos residindo aqui e ainda achando que o Brasil era o melhor lugar do mundo pra mim e minha família, descobri que no último ano que fiquei no Brasil, nada era sonho ou um mar de rosas, eu só tive desilusões e decepções, pois eu não sou nada e não posso nada em minha própria terra natal. E aqui, ainda que sou uma estrangeira, posso qualquer coisa e sou alguém! E mesmo assim, por mais que o Brasil nos castigue, consigo falar para as pessoas sobre um Brasil que um dia foi muitos anos atrás, chamada também pelos japoneses de terra da *esperança. Eu gostaria de ter vivido e sentido tudo o que falo, quando digo à respeito de nosso querido país...

Escorpiana Explosiva disse...

muito legal,passei pra agradecer a visita.

Claudia Lis disse...

Oi Paulo,

Nossa, que texto lindo lindo!
Muito expressivo e cheio de sentimentos e simbologias bellíssimas!
Gostei muito de todas as palavras e termos utilizados. Harmonia total!
Parabéns!!!

Obrigada pelo seu comentário no meu LIS’UPGRADE, * apesar de muito danadinho. ;-) . Mas pegue leve na imaginação, hehehe... Eu apenas pedi ao Bruno p/ me deixar pular da escada e tirar uma foto sentada nos degraus, como havia mencionado.

=)

Beijos

Thiago Kuerques disse...

Me lembrou Chico, o Buarque.

Foi um texto por excelencia.

Grandioso

Abraço cara

MARIA VALADAS disse...

Um texto dignamente correcto e muito bem ecrito!

Onde é pincelado os sentimentos do poeta!

Muito bom tecto!

Parabens!

Beijos da


Maria

Patricia disse...

vc foi? já deu para perceber minha paixão.
desejo que eles voltem com tanta força.. :)

os shows foram a perfeição :)

bjão

linfoma_a-escrota disse...

MARCHA FÚNEBRE

Tão só e sem humor
como poeta pubertário que
usa o papel para fugir e não para enriquecer.
Os segundos de desperdício no teletexto
passam mais dolorosos que nunca.
Frustra usar palavras simples
e conter imagens que desconheço
por se esconderem
sob as rochas, montes e vales
da imaginação vulgar
que exige quarentena epicurista da morte
e do amor.
Neste cemitério redondo
a abarrotar de mamíferos tontos
onde as lascas de nós mesmos
se vão revezando
na teimosia ciclíca dos motivos
escondidos em caveiras e esqueletos
de histórias de quem já bebeu, fumou e dançou
ao desbarato da alienação
pelas ruas do dia e da noite,
súmulas dúvidas e impressões de que no fim
rastejaremos todos
deixando os joelhos da melancolia em carne viva
como as borboletas
por que lutámos para que floresçam
nas asas autocráticas da
beleza momentânea.


2003

in FOTOSINTESE


WWW.MOTORATASDEMARTE.BLOGSPOT.COM

dän disse...

oiiii... vim dar uma "bizoiada" no que há de bom por aqui :) arrasando, como sempre. beijao, paulinho!

Si disse...

Agradeço sua visita! rapaz este texto era tudo o que eu queria dizer e não disse. Beijosss

Valentim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Valentim disse...

É um ótimo texto para um dia dos namorados. Até mais, cara. Se quiser visitar o meu blog pode ficar a vontade.

Milene Maciel disse...

Lá...
Quero ir pra lá também!
=D

Lindo texto.
É sempre muito bom vir aqui.

Precisamos conversar sobre nossos personagens. Quando quiser!

Beijão Paulo!

Aju disse...

Grande paulo!

Ate respirei fundo depois de ler o texto kra hahahahahahhaha
Otimo para um desabafo perfeito

Abraços

Rynaldo Papoy disse...

Oi, tudo bem? Na verdade, tive que manter só os blogs que consigo mexer. Abraço!

Felipe Dib disse...

música! ;D

Vanessa disse...

Eita que isso acaba em música, muito bom de ler!!!
Ótimo final de semana.Bjo

Patricia disse...

:)
só agora li o post - poesia.
lindo.

bjão

amanda disse...

olá! muito bacana seu cantinho! Espero sua visita! bom final de semana! bjs