sexta-feira, 20 de abril de 2007

Viúva negra

Ela serpenteia o corpo da pobre vítima apaixonada. Usa-o ao seu bel prazer, deixando penetra-se pelo instrumento do macho. O sexo é bom, rápido e frágil. Gigante em sua teia de agonia e satisfações recatadas, nossa viúva respinga um pouco de seu suco: ácido, quente e mortal.
Terminou. Depois de ser “comida” pelo macho, o golpe final pôde ser dado:


- Agora que teu sêmen é meu, faço tua a minha morte.

E ele morre feliz, em estado de êxtase, cumprindo a profecia numa transa tão maravilhosa quanto finita. Breve, feito a vida de qualquer homem, e suave como o momento que sucede a gozada. Acaba-se o orgasmo e sobra marasmo.

34 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Ai!

é o gozo final que começa no outro.

Kah disse...

Nosaaa, acho que isso nem é prá mim.Prefiro quando ele vira pro lado e dorme,hehe...Um beijo e lindo final de semana!!!

Mandy disse...

Viúvas Negras são as executoras da vingança fêmica...

Cida disse...

Obrigada pela visita. Adorei eu Blog, muito bom mesmo! Qtº ao seu post digo: Agora que teu sêmen é meu, te quero sempre mais...com toda liberdade... unindo desejos e delírios! Um apaixonante fds. Bjos

Dindy disse...

Nossa!!! O que seria isso? Uma cobra? Uma aranha?
Não. Paulo Fernando e seu texto com duplo sentido.
Hhahahahahahaah...
Beijinhos...

Wilian disse...

Olá! Vim agradecer pela visita e comentário em meu blog e retribuir. Mt legal esse seu espaço e seus escritos. Grande abraço.

Anna Carolina disse...

Bom Texto. Cheio de Duplos Sentidos! ;)
Beijos

patricia disse...

a viúva negra é mito!rs

gostei do texto, cheio de duplos sentidos (!)
nunca tinha visto essa aranha por essa ótica, como aproveitadora?
como uma mulher que usa e descarta.

beijo.

Flowers disse...

Um texto ambíguo Hein!
bem produzido rapaz!
Passe lá pelo meu quando puder....
bjus

Adorável Pecadora disse...

Olá Fernando! Te encontrei na minha amiga Cida, gostei muito do que escreve.Muitas mulheres gostariam de ser essa perversa aranha rsrsrs.Venha conhecer meu blog, te espero.beijos

Adorável Pecadora disse...

Acho que estou fazendo algo errado aqui rsrsrs.Para todos efeitos meu endereço é http://desejofeminino.zip.net
beijos e desculpe a confusão

Fabiano Roberto disse...

isso que é levar ao pé da letra quando o padre diz até que a morte os separe rsrs
mas as mulheres as vezes fazem coisas piores que matar... e claro os homens tb rsrs

Caroline Bigarel disse...

Fiquei na duvida de qual é seu blog. rsrsrs

bjs e inté mais ler

Belle disse...

:meuolhar.blogspot.com

Marcos disse...

Se eu fosse um viúvo negro, acho que ´prefereria ser gay. Esse negócio de morrer depois de uma umazinha e só uma sem, sem sequer direito a orgasmo múltiplo, é mesmo de matar.

pinkperry disse...

Gostei bastante do seu blog, sempre bom encontrar pessoas que te prendem com frases bem escritas.
Beijos

SemAlcance disse...

Muito bem! parabens pelo bom texto =) soube pegar no acasalamento da aranha para transformar no texto forte e na realidade comparado a vida humana. Gostei!

beijinhos

Aju disse...

Meu, adorei o texto!!!
Muito mesmo!

Embora eu nao queria ter uma parceira deste calibre hahahhaha

bjos

zeze disse...

Olá
Ora ai está uma comparação com palavras perfeitas...

Um Abraço

Leonardo B. Evaristo disse...

Ótimo texto.
Eu acho que quase ninguem percebeu o duplo sentido...rsrs

Mas olha, não gostaria de ter uma dessa ao meu lado não..rsrs

Abraço!

Keila, a Loba disse...

Talvez nem seja tão macabra essa relação, se partimos da premissa de que os jogos sexuais são rituais de entrega total, de plenitude e visão de estrelas. É algo tão profundo, inesquecível e maravilhoso que parece portal da vida, mas é mesmo da morte.

BeijUivoooooooooooosssssssssss

Keila, a Loba disse...

Mas a morte não é uma outra forma de viver?

Ju Lua...sobrenome indefinido até alguém ter coragem de me dar o seu! disse...

Vc escreve maravilhosamente bem sabia!
Parabéns!!!
To encantada com seu blog e voltarei muitas vezes pode deixar!
E quanto ao gozo creio que seja o único momento em que se pode querer morrer...de prazer!
Bjão!

Lara disse...

E depois pode-se até dormir mais tranquilo... hehehe :)
Lindo texto!
Bj

Carlinha disse...

Concordo com a Kah, prefiro que ele vire para o lado e durma a pequena morte do sono, apenas.
Beijos!

Lety disse...

Nossaa..que profundoo heinn..Ameii seu cantinho aqui,fala o que pensa,sem pensar no que fala..Parabéns!

Lety disse...

meu blog não apareceu(comente acima)

www.lelekinha-sempre-lokinha.zip.net

Marina disse...

desculpe, mas acho q eu dei a MINHA opiniao...isso nao entra as outras pessoas....eu defendo tbm quem gosta.! mtos amigos meus gostam, ué...mas o q eu falo dela é dela, nao dos q gostam...E é fato.tem fonte, nao sou eu quem inventei.

Bjs
te mais

Ácido Poético disse...

Dúbio e certeiro

Abraço
Brunø

Raquel disse...

é, pelo menos morreu feliz o coitado...
Obrigado pela visita no meu blog, gostei do escrito tmbém... :)

Carolina disse...

Morrer depois de uma só?

Rsrs*

Os homens são egoístas demais para isso!!

Mas adorei o texto!!

Beijoos =**

cris disse...

Oi Paulo, antes de mais nada, obrigada pela visita e pelas palavras viu. Muito bom o texto, mas fiquei com dó do macho...rssss...Beijos!

Engraçadinha disse...

Não é mole não.
Se ficar mole, morre sem comer.

Conceição Bernardino disse...

Desculpem a minha ausência, não me esqueci dos vossos blogs...nem das pessoas apenas com muito trabalho. Vá lá comprem um livrinho!!!!
Por isso peço-lhe desculpa.
Beijinhos
Conceição Bernardino


Informação sobre os postos de venda do meu livro
“ALMA POÉTICA”

Através da editora:
www.corposeditora.com ou enviando mail para (no site o livro está na colecção "segundas salivas".)
info@corposeditora.com (PORTES PAGOS PELA EDITORA)

Livrarias:

 Livraria Poetria (Porto)
– Rua da Oliveira, 70 – r/c – lojas 5/13 (Em frente ao Teatro Carlos Alberto)
Centro Comercial Lumier
Site: www.poetria.pt
Telefone: 22/2000436

 Livraria Almedina (Vila nova de Gaia)
- Arrábida Shopping – loja 158 A/B
Site: www.almedina.net
Telefone: 22/3701898

 Livraria Sá da Costa Editora (Lisboa)
- Rua Garrett, 100 (No Chiado, em frente à estátua do Fernando Pessoa)
Telefone: 21/3460721

 FNAC – Gaia Shopping, onde foi feita a apresentação, no passado dia 23/04/2007. Somente nesta fnac o livro está fisicamente á venda (existe ainda 6 exemplares).

No entanto, o mesmo pode ser adquirido em todas as fnac’s do País, bastando para isso dirigir-se a qualquer uma delas e encomendar o livro indicando os seguintes elementos:

Editora (Corpos editora)
Título da obra (Alma Poética)
Autor (Conceição Bernardino)

Se pretender poderá ainda fazer o pedido via fnac online:
:http://www.fnac.pt/pt/Catalog/Detail.aspx?cIndex=0&catalog=livros&categoryN=Livros&category=poesia&product=2200012829844

Para qualquer esclarecimento, poderão contactar-me através do mail:
conceicao.mami@sapo.pt

Muito obrigada a todos,
Conceição Bernardino