quinta-feira, 29 de março de 2007

Elétrica

Ela apareceu completamente nua. Por hora fiquei excitado, querendo mostrar serviço. Acompanhei com os olhos as curvas dançantes daquele corpo escultural. Beijei o ar e me dei uns beliscões imaginando que o corpo dela já era meu. Senti a dor das unhas cravando em minha pele: não era sonho! Abaixei rapidamente o short, tranquei a porta do quarto e aumentei o volume da música para ninguém perceber ou escutar o som das “barbaridades” que estavam por vir. Acariciei um pouco meu pênis para dar a impressão de ser maior do que ele realmente é. Peguei um creme maravilhoso de massagem, esfreguei-o nas mãos e dei início à suspiros.
O atrito esquentava os dedos; dedos esquentavam toda a minha zona erógena; a minha zona erógena me fazia suar, espernear e ter uma adorável dificuldade de respirar. Eu poderia morrer ali, entregue, sem armas, sem dor. Mas não, sou muito jovem e ela também. Aquele belo par de seios ainda tinha muito que balançar com o meu ritmo ou com outros. Além disso, poucas mulheres sentiram inveja dela, do corpo em branco, sem nenhum risco de celulite ou qualquer outra marca do tempo. Com mais alguns anos, tenho certeza que a inveja alheia feminina triplicaria.
Em mente, nossos líquidos se juntam e tornam-se “uno” carnal! De repente, meus olhos começaram a tremer, envesgarem - tô quase lá! No entanto, tudo ficou escuro. A música também parou de tocar.

- Filho, acabou a luz! – gritava a minha mãe da cozinha

Eu olhei para todos os cantos do meu quarto e não vi ninguém. A cama estava suada, mas era apenas o meu suor. A única coisa quente - sem ser eu - era a TV, desligada pelo pico de luz. A solidão voou e aterrissou de volta. É triste saber que aquela bundinha gostosa e todo o resto desapareceram com a eletricidade, esfriando-me a um passo do gozo, deixando-me em choque.

- Filho, você sabe onde está o filme pornô que o seu pai alugou na noite passada? Não estou conseguindo achá-lo.
- ... – pensei.

15 comentários:

B. disse...

Nossa, moço.
Andas necessitado a esse ponto? rs

Duvido muito.

Paulo Fernando disse...

B., foi apenas meu eu lírico... rsrrsrs... Sei q entendestes muito bem...

Andréa Motta disse...

Eu lírico?? rsss..
gostei de reler teu blog!! Obrigada pela visita lá no meu Jardim... Bom final de semana, Abraços,
Andréa

paty disse...

ola Fernando !
passei aqui pela primeira vez e gostei muito do seu cantinho !
vanho oferecer o meu award e desejar um bom fim de semana !
quando poder estarei aqui de novo para o vicitar !!

Anna Carolina disse...

Esse "Eu-Lírico" sempre vai contra as nossas vontades de escrita. Ahn...Ou será que não? Deixemos a dúvida pairar...
Muito Bom o texto, apesar de ser bastante diferente!...
Beijinhos

Amanda disse...

gostei do seu blog é bem legal obrigada pela visita no meu,
e tb acho q seria legal a exposição naum so ficar em sampa + ir para outros lugares.

Julio Cesar Corrêa disse...

A companhia fornecedora de eletricidade de sua cidade deveria ser processada por esse crime.
Valeu por ter levado Bala.
gd ab

Thiago Kuerques disse...

Ahhahahah enfim mostrou a que veio rs...
Depois será a minha vez de um desafiador conto erótico...rs
Abraçao...(de longe...porque nao sei onde voce colocou essa mao. Nao quero arriscar)

A.J. MARTIN disse...

"cadê o filme o pornô" é ótimo!
hahahahahahahahaha
e o seu "eu lírico" está de parabéns, by the way.

Ácido Poético disse...

Muito bom, com chantilly...

Abraço!
Brun☼

Engraçadinha disse...

É... por um breve momento, lembrei q trepar é bom!

Pankwood disse...

Uauuuu...sonhos como esse é para acabar com tudo mesmo...imagina se voce chega até o final !

Jô Beckman disse...

hahahahahahaha que piada!

Dindy disse...

Nossa bem quente! Tem que fazer carreira fazendo contos erótico. Você não acha?
O texto como sempre muito bem escrito, como eu não sou ninguém para repremir seu desejos de escrever o que quer. Deixe sua imaginação fluir.
Só espero que fique nela e que não apareça nenhuma tarada querendo saber de onde vem a fonte de espiração.
Se cuida heim!!!
Beijos...

luafeiticeira disse...

Muito bom, fartei-me de rir e lembrei-me também do meu primeiro post "Masturbação feminina"