sexta-feira, 6 de outubro de 2006

Vida louca

Pelo rádio, os cânticos dos Racionais MC´s ressoam dentro de um pequeno barraco, numa favela qualquer do Rio de Janeiro: "...Tudo, tudo, tudo vai, tudo é fase irmão, logo mais vamos arrebentar no mundão. De cordão de elite 18k...". E continua: "... pobre é o diabo e eu odeio ostentação. Pode rir, ri, mas não desacredita não. É só questão de tempo o fim do sofrimento, um brinde pros guerreiros..."

- Tranque a porta, porque o bagulho tá doido hoje.
- Tudo bem, meu filho, mas venha jantar antes de sair.
No dia-a-dia da guerra urbana, a fome não é saciada com comida. Os alimentos na geladeira são cadáveres de facções rivais. O pãozinho quente com manteiga, é o corpo ensangüentado do PM que tentou prender o dono da boca-de-fumo. Aqui, a fome é tratada no laço, sem direito a sobremesa. Ninguém cospe no prato que comeu, caso contrário, comerá o pão que o diabo amassou.
No calcanhar do movimento alternativo, o comércio se fortalece:
- Pó de dez, maconha de todos os preços!
- Dá um aí, chefia.
Quando a boca fatura demais, o olho grande dos rivais e da polícia aumenta. São dias e noites flertando com a morte, pagando o demônio a prazo. Às vezes, o povo fica encurralado diante dos tiroteios. Tem gente que até estranha quando a bala não come.
Tipo, como um soldado do morro, busco meu espaço - quero chegar a ser gerente! Mas o caminho é cheio de espinhos venenosos, além de cheirar a marola. A minha fé, sustenta a esperança de um dia chegar lá no topo, haja visto que essas coisas não acontecem de uma hora para a outra. Por falar em mudança, já posso ouvir uns pipocos. Logo, logo, serei chamado pra ajudar na contenção. Tá ligado que eu não posso deixar de dar uma moral, né? Mas antes, vou seguir o conselho de minha velha e jantarei. Um homem não pode ir para a guerra sem nada na barriga. Como dizem os sabidos: "saco vazio não pára em pé".
- Me passa o feijão, mãe.

Ainda no mesmo barraco, a música dos Racionais já está próxima do fim: "... O caminho da feliciadade ainda existe: é uma trilha estreita em meio a selva triste...". O refrão, embora perdido no inconsciente, reflete a verdade escondida através dos números e notícias superficiais de jornais: "... Meus guerreiros de fé, quero ouvir, quero ouvir: ´programado pra morrer nós é, certo é, certo é, dê no que der´..."

- Mãe, tô saindo agora. Não esqueça de fazer o que lhe pedi.
- Tá bom meu filho. Toma cuidado e vá com Deus.
- Obrigado, mãe. Se tudo correr bem, estarei aqui antes do amanhcer. Ah, desligue o rádio, coroa. Tchau.

Assim que o filho saiu, a mãe trancou a porta e foi abaixando lentamente o volume da música: "... porque o guerreiro de fé nunca gela, não agrada o injusto e não amarela. O Rei dos reis foi traído e sangrou nessa terra, mas morrer como um homem é o prêmio da guerra. Mas ó, conforme for, se precisar afogar no próprio sangue, assim será! Nosso espírito é imortal, sangue do meu sangue. Entre o corte da espada e o perfume da rosa, sem menção honrosa, sem massagem. A vida é louca, nêgo, e nela eu tô de passagem...".
A música acabou e tentando não pensar no que ouviu, a mãe desligou o rádio e foi orar.

8 comentários:

AnnAvelheda disse...

Caramba, tô arrepiada!
É, mas é nossa Realidade!!Por que será que tudo que é real é tão duro!?Tão difícil de lidar, de acreditar!?
Nossos Corações não estão preparados para essas hostilidades da vida mundana...Por isso é tão difícil aceitar!!
Para variar, seu texto tá maravilhoso!!!
Parabéns!!!
Beijos

fullgás disse...

hummm ja tentei comentar aqui mas nao consegui. Estou anciosa para ver o seu novo pentiado...rs
Beijos e fica na pa

Aneci disse...

Ok, vc venceu... Estou comentando...
Gostei do seu blog, vc escreve mto bem, se bem q ñ é nenhuma novidade pq eu já conhecia seu trabalho desde o Ferreira (qnto tempo né). Vo passar por aqui mais vezes pra vc ficar felizão^^ Teh mais=)

Daniiiiii disse...

uai
prontoooooo
aki estou xD

vc me ganhoooou.hauhauhau

bjos fernandoooooooooooo

ahhh e o texto?!
hum..o texto tava bão O.o (li só ocomeço..hauhaua)

menos paulo fernando,menos!!
hehehe

vlw
fuuui

Deborah disse...

Adorei seu blog...
Rosinha é tudo!!
Mas tirando isso, vc escreve muito bem!! Parabéns!!!
Mas, e aí? Naum vai mais pra Mídia Impressa, naum? Agora q estamos com o Zunido, vc foge? Acho semana que vem já vai ter até jornal mural...E a Semana de comunicação? Naum vai ajudar a cobrir, naum?
Ih!!! Desanimou, né?
vou continuar te esperando lá!!!
Beijinhos
OBS.: Fiz um blog pra mim tb!!! comenta lá
www.bydeborah.blogspot.com
* Manda um beijão pra Ingrid. Saudades dela!!!

Michael Meneses disse...

Aqui estou, meu amigo.

Tem uma coisa que gosto e outra que não gosto nos Racionais MCs é o fato que eles são metidos.

O que não gosto neles é o fato deles serem metidos.

Abraços

Michael Meneses

Michael Meneses disse...

Seu blog já tá linkadono meu!

Dindy disse...

Pois é, você quando quer ir fundo você vai, será que voce nao tem limites? Ou será criatividade?
Mesmo eu sendo sua namorada, a cada dia que passa eu descrubro algo diferente em voce, mais uma qualidades, mais um defeito, no fim, para mim e par alguns de seus amigos voce é uma caixinha de surpreza.
Ja o Texto nao poderia esta melhor, você melhor do mque niguem pode descrever isso, ja que morou tanto tempo em um lugar perigoso.
Te admiro, me orgulho de voce e acima te tudo acretido em seu potencial.
Te amo!!!
Bjoks... Bem gostosas!!!